Blog

  • Home

O humorista Jerry Seinfeld começou sua carreira em meados dos anos 1970 ganhando o equivalente a dois cheeseburgers por apresentação em clubes de comédia nova-iorquinos.

Hoje, com uma fortuna avaliada em US$ 950 milhões, acaba de fechar um acordo de US$ 500 milhões com a Netflix pelos direitos de Seinfeld, sitcom escrita e produzida por ele entre 1989 e 1998 que o deixou rico e famoso mundialmente. Façam as contas. Convertam pra reais. Pensem o que fariam com tanta grana.

Mas, a grande reflexão aqui é: o que difere Seinfeld de tantos humoristas e roteiristas?

O ‘Método Seinfeld’

Brad Isaac é um desenvolvedor de software que no início dos anos 1990 tentou a sorte como humorista. Ele contou numa entrevista para o Lifehacker que certa vez encontrou Seinfeld nos bastidores de uma apresentação e perguntou qual o segredo para o seu sucesso.

Don’t break the chain“, respondeu –– “Não quebre a corrente“, em português.

“Ele disse que a maneira de ser um melhor comediante era criar melhores piadas e que a melhor maneira de criar melhores piadas era escrever todos os dias.

Ele me disse para conseguir um grande calendário de parede que possuísse todo o ano em uma página e pendurasse ele em uma parede visível. O próximo passo seria conseguir um grande pincel vermelho. Ele disse que para cada dia que eu fizesse a minha tarefa de escrever, eu poderia colocar um grande X vermelho sobre aquele dia.

Depois de alguns dias você verá uma corrente. Basta mantê-la e a corrente crescerá todos os dias. Você irá se entusiasmar ao ver aquela corrente, especialmente quando você já estiver fazendo a algumas semanas. Sua única tarefa é não quebrar a corrente.”

Não quebre a corrente

Seinfeld faz isso desde… 1975! Isso mesmo. Ele “não quebra a corrente” desde 1975. Todos os dias Seinfeld escreve piadas à mão em cadernos com folhas amarelas –– isso pode ser visto no documentário Jerry Before Seinfeld, produção original da Netflix que rendeu mais US$ 100 milhões para o humorista.

Para colocar isso em perspectiva, são mais de 15 mil dias de escrita. Entre suas centenas de apresentações de stand-up, a sitcom Seinfeld e sua nova série Comedians in Cars Getting Coffee, podemos dizer que ele facilmente produziu mais de 10 milhões de palavras desde 1975.

Encontre a tortura com a qual se sente confortável

Jerry Seinfeld em 'Jerry Before Seinfeld'​ (2017). Foto: Divulgação/Netflix.
Jerry Seinfeld em ‘Jerry Before Seinfeld’​ (2017). Foto: Divulgação/Netflix.

Seinfeld não hesita em dizer que escrever todos os dias não é divertido, tampouco fácil. Na verdade, segundo ele, é torturante. Mas é justamente esse prazer perverso que ele sente ao forçar seus limites criativos que responde aquela pergunta do início do texto. É isso que o diferencia dos outros humoristas e roteiristas.

“Sua bênção na vida é quando você encontra a tortura com a qual se sente confortável. Se você domina isso, domina a vida.” (Jerry Seinfeld)

Temos essa ideia de conto de fadas à la Tony Robbins de que a vida se desenrola magicamente depois de encontrarmos o trabalho que gostamos. Mas a verdade é que trabalho é trabalho. Você tem dias bons e dias ruins. Vai apenas aprendendo a curtir os bons e a tolerar os ruins.

Você não é Jerry Seinfeld e não será bilionário

Se você clicou neste artigo procurando uma fórmula mágica para ficar bilionário, não se iluda. Sejamos realistas. Assim como o autor Startup da Real brinca com o título da sua obra, Este livro não vai te deixar rico, quero alertá-los que vocês também não ficarão ricos lendo esse artigo. Eu que o escrevi não sou.

Porém, como citei recentemente num post, escrevo diariamente há 4 anos –– nem que seja uma frase com uma ideia sobre algo que devo me aprofundar mais tarde, mas escrevo algo. Não fiquei rico, é verdade, mas a criação desse hábito mudou profundamente a minha carreira, o meu processo criativo e a minha escrita.

Então, se você quer tirar alguma lição deste artigo, a palavra-chave é consistência. Se você quer ser bom em algo, independente de ser na escrita ou em outra atividade, crie o hábito de praticar todos os dias. É isso.


Desbloqueie seu processo criativo e rompa bloqueios mentais!

Com ênfase em não-ficção e uma metodologia voltada para desenvolver o processo criativo e romper bloqueios mentais, meu curso online de Redação e Escrita Criativa utiliza técnicas de storytelling, publicidade, jornalismo, retórica e criação literária para que todos que se interessam pela escrita, profissionalmente ou por passatempo, possam criar textos criativos e autênticos em qualquer plataforma.

Saiba mais e inscreva-se neste link.

Sou um escritor que vive pelo mundo e conta histórias, autor de "Nômade Digital: um guia para você viver e trabalhar como e onde quiser" (Autêntica Business, 2019). Escrevo para tornar a vida e o trabalho das pessoas mais leves.