Olá, amantes da sétima arte de todo o país!

maurilio-dos-anjos

Achou que não ia ter referência ao Choque de Cultura?

, é brincadeira.

Não sou um profundo conhecedor da sétima arte como o querido Maurílio dos Anjos, do fenômeno Choque de Cultura, mas gosto de dar meus pitacos. Principalmente sobre documentários.

Vejo neles uma forma incrível de se informar, se inspirar, conhecer histórias e, de quebra, se entreter.

Dito isso, resolvi listar meus documentários favoritos que estão disponíveis na Netflix.

Portanto, para você assistir qualquer um dos indicados de forma legal, basta ser assinante do serviço de streaming.

1 – Senna: O Brasileiro. O Herói. O Campeão

No mês em que Senna morreu eu completei cinco anos de idade. Tenho alguns flashs de suas corridas, mas lembro perfeitamente daquele trágico 1º de maio de 1994.

Começo a lista com este documentário porque Ayrton Senna da Silva é um herói nacional. Se você ainda não assistiu, assista. Se assistiu, assista de novo.”Senna” vai muito além das corridas. Mostra o piloto, o profissional, o gênio, o filho, o amigo, o herói.

Para se emocionar. Para refletir. Para se inspirar.

2 – Minimalism: A Documentary About The Important Things

escrevi no meu blog sobre esse documentário.

Como o título adequadamente afirma, “Minimalism” é sobre as coisas importantes na vida. Joshua Millburn e Ryan Nicodemus, Os Minimalistas — não confunda com Os Tribalistas , cresceram perseguindo o Sonho Americano. Dinheiro, prestígio e coisas. E eles conseguiram. Se tornaram executivos bem-sucedidos. Pelo menos, no sentido tradicional e aplaudido pela sociedade.

O próximo passo?

Largar tudo. Mas, não vou soltar spoiler. Assista e reflita.

3 – Jim & Andy: The Great Beyond

Se você acompanha o ator Jim Carrey, sabe que nos últimos anos ele anda “estranho”. Essa é a conclusão do senso comum, pelo menos. Para mim, o cara “transcendeu”. E em “Jim & Andy” enxergamos claramente de onde surgiu essa “loucura”.

No documentário vemos as filmagens de bastidores de “O Mundo de Andy” (Man on the Moon), cinebiografia de um dos maiores e mais polêmicos comediantes de todos os tempos, Andy Kaufman.

É possível ver o caos causado por Jim durante produção pelo fato de o ator ter se entregue completamente ao personagem. E, por “completamente”, eu realmente quis dizer completamente.

Assustador, mas curioso – e de certa forma inspirador.

Além das cenas de bastidores, o Jim do presente divaga sobre os mais variados tema. E isso fez eu colocar o documentário nessa lista…

4 – Ícaro

Ícaro” foi o primeiro documentário original da Netflix a ganhar um Oscar – e isso ocorreu no último domingo (04/03/2018).

Ele investiga o fenômeno do uso de doping no ciclismo, mostrando atletas que passaram por esse processo.

O foco da produção está em Grigory Rodchenkov, médico e cientista russo caçado por Putin e que trabalhou com diversas delegações olímpicas.

Se você gosta de esportes e conspirações, assista.

5 – Fed Up

Confesso que esse documentário me chocou. Muito.

Sabe aquele negócio de que “você é o que você come?”.

Fed Up” deixa isso bem claro. De um jeito bem assustador.

Além daqueles que querem cuidar de sua própria alimentação, também é altamente recomendado para quem tem filhos.

Você também deveria assistir:

6 – Capital C

Tema: empreendedorismo.

O primeiro documentário dedicado ao crowdfunding, foca em aspirações bem como nas armadilhas da era digital de financiamento“.

7 – Winter on Fire: Ukraine’s Fight For Freedom

Tema: política.

O que começou como uma manifestação pacífica de estudantes se transforma em 93 violentos dias de revolução na luta pelos direitos civis na Ucrânia“.

8 – It Was Fifty Years Ago Today! The Beatles: Sgt. Pepper and Beyond

Tema: música.

Exibindo filmagens raras dos Beatles, este documentário explora a produção de um dos discos mais icônicos de todos os tempos“.

9 – One of US

Tema: religião.

O documentário se debruça sobre a comunidade de judeus hassídicos do Brooklyn, em Nova York, para contar a história de três jovens que decidiram se desvencilhar da religião. Preservado das apropriações costumeiras, o título original antecipa um princípio religioso para questionar o pertencimento judaico à luz da noção de liberdade individual“.

10 – Joan Didion: The Center Will Not Hold

Tema: literatura.

A icônica cronista americana Joan Didion reflete sobre sua prolífica carreira e batalhas pessoais neste documentário dirigido por seu sobrinho, Griffin Dunne“.

11 – The Propaganda Game

Tema: política.

Este documentário em forma de diário acompanha o cineasta Álvaro Longoria em uma visita à Coreia do Norte para explorar a manipulação da informação“.

12 – Living on One Dollar

Tema: autoconhecimento.

Quatro amigos americanos viajam para a Guatemala com o objetivo de vivenciar a extrema pobreza vivendo com um dólar por dia durante dois meses“.

13 – Kurt Cobain: Montage of Heck

Tema: música.

A vida do lendário vocalista da banda Nirvana, Kurt Cobain, por meio de materiais inéditos como canções, filmes caseiros, obras de arte, fotografias, revistas e songbooks“.

14 – Tony Robbins: Eu não sou seu guru

Tema: empreendedorismo.

Os clientes são fãs incondicionais das técnicas de coaching nada ortodoxas de Tony Robbins. Conheça os bastidores do megaevento anual que atrai milhares de participantes“.

15 – Happy

Tema: autoconhecimento.

Embarque em uma jornada pelos pântanos da Louisiana às favelas de Calcutá em busca do segredo da verdadeira felicidade“.

16 – Foo Fighters: Back and Forth

Tema: música.

Dave Grohl e os membros do Foo Fighters discutem a música da banda, sua repentina ascensão ao estrelato e muito mais“.

Séries documentais:

17 – Na Rota do Dinheiro Sujo

Tema: negócios.

De empréstimos com juros de agiota a trapaças em testes de poluição de automóveis, a série expõe os atos mais descarados de corrupção e ganância corporativas“.

18 – Abstract: The Art of Design

Tema: criatividade.

Descubra como pensam os designers mais inovadores em diferentes áreas e saiba como seu trabalho influencia todos os aspectos da nossa vida“.

19 – Juventus: Prima Squadra

Tema: esporte.

Siga a lendária Juventus dentro e fora de campo na busca pelo sétimo título seguido do Campeonato Italiano e pela glória na Liga dos Campeões“.

20 – As Casas Mais Extraordinárias do Mundo

Tema: design.

O premiado arquiteto Piers Taylor e a atriz apaixonada por arquitetura Caroline Quentin rodam o mundo à procura de casas nada convencionais em lugares inusitados“.


P.S.: Essa lista é baseada em documentários que eu assisti. Então, sim, falta esse ou aquele que você assistiu e adorou. Porém, fique à vontade para sugerir outros nomes! Sei que a Netflix tem um rico catálogo.

P.P.S.: Por favor, não compartilhe nos comentários links para assistir os documentários “de graça”. Isso é pirataria e, se você compactua com isso, me desculpe lhe avisar que é um criminoso.

P.P.P.S.: Por que a Netflix e não esse ou aquele serviço? Porque eu sou assinante da Netflix. Este é, também, o serviço de streaming mais popular. Então, imagino que a maioria dos leitores que assina algum serviço do tipo é cliente da Netflix.

Nômade digital que escreve e empreende. Eleito pelo LinkedIn como o terceiro brasileiro mais influente da rede em 2016. Cofundador do be freela. Você também pode ler meus conteúdos no HuffPost, no Transformação Digital e na Comunidade Rock Content.