sou-um-viciado

Meu nome é Matheus e eu sou um viciado

Imagino que hoje você acordou e ficou um tempo na cama checando suas redes sociais. Mesmo sem ter notificações. Aquela conferida nos Stories do Instagram. Um clique no WhatsApp para ter a certeza que ninguém te chamou (vai que a conexão está ruim e o aplicativo não atualizou). Uma rolada com o dedo pelo buraco negro do Facebook. Uma espiada […]

arctic-monkeys-arte-reinventar

Arctic Monkeys e a arte de se reinventar

“Star Treatment“, faixa que abre “Tranquility Base Hotel & Casino“, obra de arte difícil de se entender dos ingleses do Arctic Monkeys, começa com os versos “Eu queria apenas ser um dos Strokes / Agora, olhe a bagunça que você me obrigou a fazer“. Os Strokes foram um fenômeno do indie rock no início dos anos 2000. Já o “você” […]

A volta triunfal do The Last Shadow Puppets

Estiloso. Retrô. Sexy. Nostálgico. Esse é Everything You’ve Come to Expect, sucessor do elogiadíssimo The Age of Understatement, lançado no já longínquo 2008. Alex Turner (Arctic Monkeys) e Miles Kane amadureceram desde então. Não são mais dois garotos em ternos alinhados. O visual não foi a única coisa que mudou no The Last Shadow Puppets. Turner encontrou um novo jeito de cantar e […]

Royal Blood e a síndrome do underground

Tenho um certo prazer em descobrir novas bandas. Em 2013, quando Matt Helders, baterista dos Arctic Monkeys, usou uma camiseta escrito Royal Blood no lendário show da banda no Festival de Glastonbury daquele ano, eu e milhares de curiosos corremos para o Google. Naquela época, o furioso duo inglês de garage/blues/stoner rock formado na cidade de Brighton em 2012 por […]

I bet you look good on the dancefloor

Ontem a noite comprei dois ingressos para os shows de The Hives e Arctic Monkeys em São Paulo. Paguei um preço salgado, já que não sou mais estudante. Ficarei longe do palco, já que não sou mais estudante. Isso me fez analisar a tal da meia-entrada, a qual confesso que quando mais novo e possuía o direito de usá-la, a […]