Blog

  • Home

Se você não tem grana para investir em tráfego pago ou, assim como eu, não manja nada de anúncios, não se desespere: ainda é (e ouso dizer que sempre será) possível criar uma audiência orgânica partindo do absoluto zero.

Pra te ensinar a fazer isso eu vou tentar fugir de dicas sobre ser você mesmo, ser autêntico, ter consistência e etc.

Não que essas coisas não sejam importantes, mas minha ideia é ser mais prático que isso. O foco está em mostrar meios de crescer organicamente através de técnicas que qualquer profissional ou marca pode utilizar independente do número de seguidores.

Bora fazer isso em três etapas?

Entendendo as dores do seu público

Vamos começar pelo básico do básico. Quem produz conteúdo, independente da mídia, está tentando falar com um determinado público. Seja para vender um produto, serviço ou criar uma comunidade, há um objetivo por trás.

Se você quer que determinado grupo de pessoas consuma os seus conteúdos, precisa entender quais são as suas dores, isto é, as suas necessidades.

E como você faz isso? Perguntando e aprendendo a entender alguns padrões.

Se você me acompanha lá no @matheusdesouzacom no Instagram, já deve ter percebido que tenho o costume de fazer sessões de perguntas e respostas com a minha audiência.

Faço isso não para passar o tempo ou porque acho divertido, mas sim para entender melhor o meu público e refinar minha linha editorial. Quando peço que meus seguidores enviem perguntas sobre nomadismo digital, por exemplo, costumo receber quase sempre as mesmas perguntas –– “como começar?“, “como conseguir clientes?“, “quanto você gasta por mês?“, “você está solteiro?”, entre outras questões.

Estes padrões nos questionamentos facilitam minha vida na hora de produzir meus conteúdos. É através deles que consigo identificar as dores do meu público e criar textos que tenham valor para a minha audiência.

E, mesmo que sua audiência ainda seja pequena, você pode aproveitar esses primeiros feedbacks para testar tipos diferentes de conteúdos e alcançar mais gente. Aprender a identificar os padrões, seja numa sessão de perguntas e respostas no Instagram ou em comentários no LinkedIn, aumenta suas chances de errar menos na hora de criar seus conteúdos.

Sim, ainda é possível criar uma audiência orgânica nas redes sociais
Foto: Unsplash.

Produzindo diferentes versões dos mesmos temas

Se as perguntas são sempre as mesmas ou parecidas, como aproveitar essa ajuda da audiência? Abordando os mesmos temas com visões diferentes. Mude os exemplos, conte alguma experiência pessoal, seja criativo.

Já escrevi algumas dezenas de artigos sobre os mesmos assuntos, mas sempre trazendo uma nova roupagem, tentando fugir do óbvio, adicionando insights que, muitas vezes, surgem através da interação com a minha própria audiência.

Sempre que pensar num conteúdo, pense também em variações –– e em como você pode criá-lo sem entregar todo o ouro de uma vez só, deixando aquele gostinho de quero mais na audiência.

Dando algo para as pessoas compartilharem

O número de curtidas pode ser uma métrica da vaidade, mas o número de compartilhamentos é o que pode fazer sua audiência crescer de forma orgânica. Então, bora criar coisas que as pessoas queiram compartilhar –– seja em seus feeds, stories ou diretamente para os amigos.

Greengo Dictionary – @greengodictionary
Greengo Dictionary – @greengodictionary

@greengodictionary é um ótimo exemplo disso. Com apenas 166 publicações em seu feed no Instagram, o perfil alcançou a marca de 1 milhão de seguidores –– em 11 meses.

Quase todas as semanas eu vejo alguém da minha rede compartilhando uma publicação do Greengo Dictionary. E aí você pode estar pensando agora que, ok, é uma página de humor e replicar isso num negócio é mais difícil.

Vamos para outro exemplo.

Eu escrevo esse texto em janeiro de 2020. Em outubro de 2019 o Tiago criou o perfil @tira.do.papel. Ele foi do 0 aos 30 mil seguidores nesse período.

@tira.do.papel
@tira.do.papel

Os posts do @tira.do.papel também tem aparecido com frequência nos stories das pessoas que sigo. Com conteúdos educativos, sacadas rápidas e exercícios práticos de criatividade, o Tiago tem crescido organicamente no Instagram porque, além do valor que gera para a sua audiência, entrega algo que eles podem compartilhar.

Capiche?

Para encerrar, um print de um cara que cresceu organicamente de forma espantosa nos últimos meses. Você certamente já deve ter visto algum post dele sendo compartilhado por aí –– ou alguém o copiando, quem sabe.

@dudewithsign
@dudewithsign
Um escritor que vive pelo mundo e conta histórias. Autor do livro "Nômade Digital".