Blog

  • Home

O mercado de infoprodutos está bombando no Brasil. Como em tudo que vira moda e atrai os olhares da grande massa, já há, inclusive, uma certa saturação. Todos os dias somos bombardeados com anúncios de “infoproduteiros” vendendo soluções mágicas –– e usando e abusando de termos como “disruptivo”, “propósito” e até “quântico”.

Brincadeiras e polêmicas à parte, os infoprodutos são uma forma incrível para que produtores de conteúdo ganhem dinheiro na internet. Porém, engana-se quem pensa que para ganhar dinheiro na internet você precisa ter seu próprio curso online ou e-book: você pode ganhar dinheiro com o conhecimento dos outros.

E é isso que vou te mostrar nesse artigo.

O que é marketing de afiliados

O marketing de afiliados funciona através de comissões. Basicamente, um produtor de conteúdo ou empresa cria um produto digital e o lança na internet.

Os afiliados então cadastram-se em plataformas como Hotmart, Amazon, Eduzz, Monetizze ou Afilio e divulgam links personalizados que, em caso de venda, geram uma comissão.

O autor Pat Flynn define marketing de afiliados como “o processo de ganhar uma comissão promovendo produtos de outras pessoas (ou empresas). Você pode achar um produto que você goste, promovê-lo para as pessoas, e ganhar uma parte da renda a cada venda que você fizer“.

Dá para viver só de marketing de afiliados?

Serei sincero e talvez isso não seja exatamente o que você queria ler. Eu tenho uma audiência gigantesca no LinkedIn e utilizo estratégias de marketing de afiliados para pagar os custos mensais do meu negócio e do meu blog. Isso é ótimo e me ajuda bastante, porém, eu não conseguiria manter um estilo de vida nômade vivendo apenas com esses ganhos.

No mês em que mais ganhei dinheiro como afiliado até hoje, vendi exatos R$ 1.306,26 na Amazon e R$ 1.432,00 no Hotmart. R$ 2.738,26 no total, caso você não seja bom em matemática ou não tenha uma calculadora por perto. O problema é que esse montante está longe de ser algo recorrente. Abrindo meus ganhos para você, costumo receber em média R$ 500,00 por mês com vendas de produtos de terceiros.

Por outro lado, sim, há um grupo de pessoas que vive exclusivamente de marketing de afiliados. O grande ponto aqui é: essas pessoas estão há bastante tempo no mercado e colocaram todo seu foco nisso. No meu caso, este não é o meu foco. Ou seja, seu sucesso como afiliado dependerá dos seus objetivos. Você quer viver apenas disso? Ok. Estude muito o mercado, faça testes e tenha consistência.

Como divulgar seus links de afiliado

Para divulgar meus links de afiliado já escrevi, por exemplo, artigos como 15 livros para mudar sua vida e 6 cursos online de marketing para você fazer no conforto da sua casa (inclusive, você pode se tornar afiliado do meu curso online clicando neste link).

Não se esqueça, porém, de avisar sua audiência que em caso de compra através dos links presentes no seu artigo você ganhará uma pequena comissão. Além de a publicidade velada ser proibida no Brasil, você ganhará pontos por sua transparência.

Este é o aviso que costumo utilizar ao final dos meus artigos no LinkedIn que contém links de afiliados:

Transparência: Este artigo contém links de parceiros afiliados. Ou seja, caso você compre um produto ou contrate um serviço através destes links, ganharei uma comissão dos parceiros indicados. É uma relação ganha-ganha entre a empresa parceira, que atinge mais pessoas; o produtor de conteúdo, que continua compartilhando seus artigos sem cobrar nada por isso; e você, que continua tendo acesso a um conteúdo gratuito e de qualidade.  

Ao educar meu público sobre o que são “links de parceiros afiliados”, ganho a confiança do leitor e ele passa a valorizar ainda mais o meu trabalho. Isso também mostra para a audiência que os conteúdos gratuitos compartilhados por mim só existem por causa dessa parceria entre empresa-produtor-leitor.

Utilizo um outro aviso do tipo em meu blog. Como costumo compartilhar listas de livros com links da Amazon, fixei o seguinte aviso no rodapé de todas as páginas:

Transparência: O site matheusdesouza.com faz parte do Programa de Associados da Amazon.com.br, iniciativa que permite que sites monetizem seus conteúdos através de links comissionados.

Mais do que uma proteção legal, este simples aviso informativo mostra que não estou tentando passar a perna em ninguém. Ser transparente na internet, mais do que ético, é uma questão de sobrevivência no longo prazo. Atalhos podem te ajudar a chegar ao topo rapidamente, mas somente a consistência e a honestidade vão te manter por lá. Esse conselho vale para absolutamente tudo que você fizer na vida.

Para que você tenha sucesso como afiliado terá que produzir conteúdos como este próprio artigo que você lê neste momento: educativo, informativo e relevante para o seu público.

Aprenda mais sobre marketing de afiliados e infoprodutos

Você quer vender pela internet, mas não sabe por onde começar? Então eu tenho um convite para te fazer.

Nessa sexta-feira, dia 5 de abril, às 16h00, o pessoal da Hotmart, que organiza o Hotmart Camp, vai estar ao vivo em um webinário para mostrar um processo básico de vendas online que pode ser replicado em qualquer rede social.

É muito conteúdo prático e uma amostra do que você vai encontrar no Camp. Para participar, basta se cadastrar gratuitamente neste link.

Sou um escritor que vive pelo mundo e conta histórias, autor de "Nômade Digital: um guia para você viver e trabalhar como e onde quiser" (Autêntica Business, 2019). Escrevo para tornar a vida e o trabalho das pessoas mais leves.