Nos últimos meses meus artigos têm tido um alcance estrondoso no LinkedIn Pulse — inclusive, maior do que o de muitos “influencers”. De maio pra cá foram pouco mais de 2 milhões de visualizações. Meu blog, apesar de ter números mais modestos, também teve um aumento incrível nas visitas diárias.

Matheus de Souza - Blog - Estatísticas
Estatísticas mensais do blog matheusdesouza.com no período 2013-2016.

Com a exposição, passei a receber ocasionalmente mensagens de outros escritores pedindo opiniões sobre determinado texto ou mesmo dicas de escrita. Veja bem, na grande maioria das vezes, esses caras fazem um trabalho muito bem feito, porém, não estão recebendo o resultado que desejam com seus textos.

Então, hoje resolvi compartilhar minha dica número #1. Ela é, na verdade, uma pergunta. Uma pergunta muito simples.

Antes de escrever um texto, reflito sobre o seguinte:

Será que isto vai ser útil para os meus leitores?

Essa sentença é muito importante por duas razões.

Primeiro, ela pergunta se o post é útil. Qual o valor que o artigo fornece aos leitores?

Às vezes é algo mais sutil, como inspiração, outras vezes mais óbvio, como aconselhamento empresarial. Mas a chave, independentemente do estilo, é que ele fornece valor e utilidade para as pessoas que visitam seu blog.

A outra peça importante dentro deste questionamento é sobre quem lê seu blog. O que você sabe sobre eles?

Até o início deste ano eu escrevia sem ter uma linha editorial. Eu não tinha pautas. Escrevia o que desse na telha. Dependendo do seu objetivo e do seu público, isso pode até ser algo bom. Mas, não era meu caso. Ao analisar as estatísticas do meu blog mostradas acima, você pode perceber o salto em maio deste ano. De 4.117 visitas em abril para 17.526 no mês seguinte. Este pico deve-se, em parte, ao sucesso deste texto. Publicado em 06 de maio, ele tornou-se um viral no LinkedIn Pulse e gerou a curiosidade das pessoas. Quem é Matheus de Souza?

Para não me tornar um one hit wonder, tentei entender as minúcias por trás do público que leu aquele texto. Em meu artigo seguinte, pedi gentilmente que os leitores dedicassem cinco minutos do seu dia respondendo este questionário. Um simples e gratuito questionário do Google. Eu queria saber para quem eu estava escrevendo. Homens? Mulheres? Empresários? Desempregados? Que temas gostam de ler? Quais suas necessidades? Onde me encontraram?

Matheus de Souza - Blog - Pesquisa
Alguns dos dados computados em minha pesquisa de público.

Essas respostas — foram quase 700, ou seja, as pessoas não se importaram em respondê-las — me ajudaram e tem me ajudado muito em meu processo de escrita. Inclusive, muitos temas dos meus textos saíram dos resultados da pesquisa.

Eu sei que tipo de valor meus leitores esperam de mim. Eu conheço suas necessidades e entendo suas dores. Apesar de ainda não ter batido os 17.526 acessos de maio, as estatísticas continuaram consistentes nos meses seguintes. Afinal, ninguém quer ler mais do mesmo, por isso, é preciso reinventar-se. E, para isso acontecer, você deve saber exatamente para quem está escrevendo.

Portanto, ao escrever seu próximo texto, reflita: será que isto vai ser útil para os meus leitores?

***

Matheus de Souza

PerfilAtua como Growth Hacker no Somos Fotógrafos, portal focado em ajudar fotógrafos — amadores ou não — a ganharem dinheiro com a fotografia, e também no Projeto CR.U.SH, startup focada em mobiliário digital e design open source que foi premiada no Sinapse da Inovação 2016 como uma das 100 startups mais inovadoras do estado de Santa Catarina. Escreve sobre empreendedorismo, marketing digital, criatividade e produtividade em seu blog pessoal e no LinkedIn Pulse — onde seus artigos ultrapassaram 2 milhões de visualizações.

***

Todo domingo um conteúdo exclusivo na sua caixa de entrada!

É isso mesmo! Basta você se cadastrar gratuitamente na minha newsletter semanal. O conteúdo do e-mail geralmente terá algum insight exclusivo, os links dos meus textos publicados na semana anterior e, de vez em quando, alguma oferta especial.

Como ter acesso à isso tudo? Se cadastrando aqui.

28 anos, catarinense, escritor, empreendedor e freelancer em marketing digital. Eleito pelo LinkedIn como o terceiro brasileiro mais influente da rede em 2016. Escreve também no HuffPost e no Transformação Digital.

  • Matheus, tenho elogiado diversos dos teus textos, mas este mudou minha vida. Colocou em palavras algo que já penso há tempo, vai me ajudar muito. obrigada champs! 🙂

  • Oi, Matheus. Gosto muito dos teus textos, acompanho já tem uns 3 meses o teu trabalho, e nunca tinha comentado por pura timidez. Mas percebi que neste texto as imagens usadas não estão mais disponíveis e sei como é difícil acompanharmos esses detalhes em todos nossos textos. Deixo o toque então. Sucesso!

    • Huuuum, muito obrigado pela dica, @vanessasantoscarreiro:disqus!
      Eu troquei recentemente de hospedagem e algumas imagens antigas não foram importadas. Estou trocando tudo aos poucos, de forma manual! Hehe!

      • Sei como é, tivemos o mesmo problema quando trocamos de hospedagem. É chato, mas quando você menos esperar, você terminou! 😉